segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Sentimentos vazios


Quem sabe, se eu nunca amar...
nunca teria de sofrer!
Gostaria de falar de amor, de carrinho, dizer as passagens mais lindas de um romance.

Dizer que tudo é maravilhoso,que tudo é belo e feliz quando estou em seus braços, falar o quanto eu te amo, ver a noite virar dia junto de você...

Meu grande amor.
Mas como falar tudo isso?

Como se isso não passam de mentiras, não passam de ilusões que nem eu mesmo acredito.

Não sinto.

Não tenho esse sentimento de amor.

Gostaria de ter,
gostaria até mesmo de sofrer
tudo valeria a pena, as lágrimas, sorrisos, dizeres, tudoo absolutamente TUDO.
Se você realmente me amar, se algum dia você já me amou
VENHA me de um rumo...
venha me dizer o que fazer.


Gostaria de falar sofre meus sentimento com um alguém,
alguém que me emprestasse seus ouvidos para meu desabafo,
Falar frases de amor, dizer o quanto eu te amo. :*:

Mas não é isso que sinto, sentimentos vazios é o que tenho,
mensagens de amor passam sem sentido, não há nada que me leve as alturas.
Você não esta aqui
se algum dia já me amaste, venha me encontrar, quero saber se minha vida tem algum sentido!
Sem um amor tudo é vazio
e é esse vazio o que sinto!!!

texto de minha autoria!!!

9 comentários:

Nanes! disse...

adorei, é lindo ^^
parabens!!

=**

Desabafando disse...

adorei...tb sinto esse vazio de vez em quando!

Rafael Cotrim disse...

acho que todos sentimos isso não?!
:S

Ju disse...

Adorei o texto.
Apesar de não me identificar com a situação...
admiro porque foi muito bem escrito!!

Bjo

Juhh... disse...

Brigada :*:

viic :) disse...

amor não é só sofrerr!! é se divertiiiir também, se fosse só sofrer ninguém iria gostar de amar, mas quando se ama e você é amado de volta, é a coisa mais linda que tem *0*

Bel disse...

Oi amor
Tu já sabe que eu amei o texto!!
Muito bem feito...
Chega de falar coisas que não sentimos...

bjs*-*

CooKie disse...

AÍ QUE MARAVILHOSO!
lindo o post

Dani disse...

Sou uma eterna amante haha, acho que sem amor realmente tudo é vazio!

bjão, bom texto!